Cirurgias

Cirurgias Ginecológicas

Histerectomia: Cirurgia para remoção do útero, local onde o feto cresce quando a mulher está grávida. O cérvix é a parte inferior e estreita do útero. Em alguns casos, os ovários e tubos de falópio também são removidos. Esses órgãos estão localizados no abdômen inferior da mulher. Os ovários são órgãos que produzem óvulos e hormônios.

Histerectomia total – Remoção do cérvix, assim como o útero.

Histerectomia parcial – Remoção da parte superior do útero e deixa o cérvix no lugar.

Cirurgia de cisto de ovários: Laparoscopia – (o procedimento envolve uma pequena incisão perto do umbigo e depois uma inserção de um pequeno instrumento em seu abdômen para remover o cisto).

Laparotomia – (normalmente para retirada de cisto grandes, o procedimento é através de uma incisão no abdômen inferior para retirada do cisto)

Colpoperineoplastia anterior e posterior: Intervenção cirúrgica para reparar as estruturas vaginais e perianais ocorridas no pós-parto via vaginal. Fatores como múltiplos partos, flacidez do assoalho pélvico podem causar frouxidão da parede vaginal e músculos do introito vulvar. As indicações estariam relacionadas diretamente a esses fatores, que causariam granulomas de episiotomia (corte realizado no períneo no momento do parto para facilitar a passagem do recém-nascido), desvio da fúrcula vulvar, dispareunia de penetração e perda do espaço virtual vaginal.

Biopsias de colo uterino: A biópsia do útero é um exame de diagnóstico utilizado para identificar, em laboratório, possíveis alterações no tecido de revestimento do útero que possam indicar crescimento anormal do endométrio, infecções do útero e, até, câncer. Depois do exame o médico coloca a amostra retirada num frasco que será enviado para ser analisado ao microscópio no laboratório.

Conização de colo uterino: Na cirurgia, o médico coloca o especulo e observa o colo do útero, retira uma parte do colo uterino, que será analisada em laboratório avaliando a gravidade e a profundidade das lesões.

É um procedimento que serve tanto como exame de diagnóstico quanto para o tratamento de alterações no colo do útero, geralmente provocadas pelo HPV.

 

Cirurgias Obstétricas

Parto normal

Parto cesárea

Curetagens